Uma Concertação pela Amazônia

Uma Concertação pela Amazônia é uma rede que congrega mais de 200 atores da academia, do setor privado, do governo, das comunidades locais, da filantropia e da sociedade civil em busca de soluções para a conservação e o desenvolvimento sustentável do território.

Em seus eventos regulares, a Concertação cria espaços democráticos de debate que partem do princípio que a região é complexa e que há diversas perspectivas a se considerar ao planejar seu futuro.

Uma das formas encontradas pela rede para estimular o desenvolvimento sustentável da Amazônia é gerar conhecimento sobre a região. Assim, com a troca entre lideranças e instituições diversas da rede, a Concertação vem criando um amplo repertório de saberes plurais.

Amazônia Possível

Lançamento da iniciativa Amazônia Possível, realizado durante a Assembleia da ONU de setembro de 2019

A Concertação nasceu de uma semente plantada durante a Assembleia Geral das Nações Unidas de 22 de setembro de 2019, em Nova Iorque. Na ocasião, o Instituto Arapyaú, em parceria com a Coalizão Brasil, Rede Brasil do Pacto Global, Sistema B, CEBDS e Instituto Ethos, lançou a iniciativa Amazônia Possível. O evento foi um convite ao setor privado brasileiro para a construção de compromissos pautados em três pilares: desmatamento ilegal zero, rastreabilidade de 100% da cadeia produtiva e promoção do desenvolvimento sustentável na região.

A iniciativa esteve presente na COP25, em Madri, promovendo dois painéis de debate: um para discutir a questão da rastreabilidade da carne; o outro para apresentar iniciativas empresariais de sucesso que contribuem para o desenvolvimento sustentável da região amazônica.

Na metade de 2020, a Amazônia Possível deu lugar à Uma Concertação pela Amazônia.

Saiba mais sobre a Concertação no site da rede.